Quarta-Feira, 23 de Janeiro de 2019
26/11/2014

Programa Saúde na Escola

No dia  10 de Novembro teve ínicio  o Programa Saúde na Escola, através da parceria entre as   a Secretária de Saúde e Educação, com a realização de testes Antopométricos e de Acuidade Visual em todas as escolas de Guaraci.   O Programa Saúde na Escola (PSE) contribui para a formação integral dos estudantes por meio de ações de promoção da saúde, prevenção de doenças e agravos à saúde e atenção à saúde, visando o enfrentamento das vulnerabilidades que comprometem o pleno desenvolvimento de crianças, adolescentes e jovens da rede pública de ensino.  O público beneficiário do PSE são os estudantes da Educação Básica, gestores e profissionais de educação e saúde, comunidade escolar e, de forma mais amplificada, estudantes da Rede Federal de Educação Profissional e Tecnológica e da Educação de Jovens e Adultos (EJA).    A Escola é a área institucional privilegiada deste encontro da educação e da saúde: espaço para a convivência social e para o estabelecimento de relações favoráveis à promoção da saúde pelo viés de uma Educação Integral.  Para o alcance dos objetivos e sucesso do PSE é de fundamental importância compreender a Educação Integral como um conceito que compreende a proteção, a atenção e o pleno desenvolvimento da comunidade escolar. Na esfera da saúde, as práticas das equipes de Saúde da Família, incluem prevenção, promoção, recuperação e manutenção da saúde dos indivíduos e coletivos humanos.


Para alcançar estes propósitos o PSE é  constituído por cinco componentes:


a) Avaliação das Condições de Saúde das crianças, adolescentes e jovens que estão na escola pública;


b) Promoção da Saúde e de atividades de Prevenção;


c) Educação Permanente e Capacitação dos Profissionais da Educação e da Saúde e de Jovens;


d) Monitoramento e Avaliação da Saúde dos Estudantes;


e) Monitoramento e Avaliação do Programa.


Mais do que uma estratégia de integração das políticas setoriais, o PSE se propõe a ser um novo desenho da política de educação e saúde já que  trata a saúde e educação integrais como parte de uma formação ampla para a cidadania e o usufruto pleno dos direitos humanos com vistas à atenção integral à saúde de crianças e adolescentes e promove a articulação de saberes, a participação de estudantes, pais, comunidade escolar e sociedade em geral na construção e controle social da política pública.